segunda-feira, 19 de novembro de 2007

Impotência


Há um texto dentro de mim pronto a sair
uma ideia que se começa a formar
fecho os olhos e as letras juntam-se
aleatoriamente vão formando mil e uma palavras
mas o texto não sai
Por vezes acordo a meio da noite
sento-me na cama
e vêm-me à memória resquícios de textos pensados
... que ainda não escrevi
que estava a formar
Nunca os conseguirei reproduzir
é pena! Esses são sempre os meus melhores textos!
Sinto-me a fervilhar
as palavras a quererem saltar
frases que se querem encarrilar
um sentido que se quer fazer voz
que se quer emancipar
Sinto essa explosão de ideias e nada sai
pouso os dedos no teclado e eles não sabem o caminho a seguir
não sabem por onde começar
Talvez comece como todas as histórias começam
e depois logo se vê...
"Era uma vez...
era uma vez um texto que se queria ver escrito
uma mensagem que queria ser passada
um sentido que até tinha o seu sentido
e umas mãos que se sentiram baralhadas"

Fotografia: Sense of emergency by Denis Olivier
in http://denisolivier.deviantart.com/
(Todos os Direitos reservados)

3 comentários:

Maggy disse...

Olá Sandrine!

Conheço o sentimento. Torna-se frustrante, não é?

Beijos e até breve!

Maggy

Chapas disse...

Acontece-me mais vezes que o desejável...há-de voltar a inspiração!

bj.

Miss Precious disse...

Acontece-me sempre que tento escrever um post mais completo. É tão irritante.