quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

Pequenos degraus de uma enorme escadaria


Temos a vida repartida em momentos
os momentos imortalizados em fotografias
os sorrisos, as caras, os dias de outros dias
Olhamos e recordamos... ri-mos e choramos
As pessoas parecem estátuas
imóveis... eternas... ali!
Vamos buscar os álbuns das fotografias
em momentos doídos de melancolia
em busca do que já passou
Fotografias vivas das memórias entretanto esquecidas
fotografias com e sem cores
fotografias
Pequenos rectângulos das nossas vidas
das datas comemorativas
dos aniversários e dos natais
daquela prenda, daquela surpresa de uma amiga
perdemos já o contacto mas ali era nossa amiga
ali era a nossa prenda favorita
ali existiu e ainda existe mas só na fotografia
Temos a vida repartida por momentos
pequenos degraus de uma enorme escadaria
que vamos subindo com a esperança
de estarem repletos de novos e melhores dias!


Fotografia:
Copyright © Beata Czyzowska Young.
All rights reserved.

1 comentário:

pp disse...

Sdrine_pequenos nadas...Os registos fotográficos imortalizam-se pela vida fora...as fotos a cores por vezes desbotam...mas a preto e branco tens de imaginar a escala de gray....porque nos cinzentos, é que se consegue imaginar a vida colorida que queremos ver.

bjo _ tu és poeta, poeta !!!!!! essa escada tem fim certamente.
Todas têm e essa escada não foge á regra.

bjo :)